sábado, 3 de novembro de 2012

Papai Coruja Cap. I - Carrinho de Bebê Mega Blaster Mega

Antes da Larinha nascer nos preparativos, lógico que estava na lista o carrinho de bebê. Vou dizer a verdade, não estava nem aí para a praticidade, utilidade, só queria como uma futura mãe bem tosca, um carrinho que minha filha conseguisse dormir nos primeiros meses (e que fosse bonitinho). Enfim, não queria gastar horrores, para uma função tão simples. Só o que esta pseudo espertinha esqueceu é que eu sairia para passear em ruas, parques e não só em pisos lisos, como em shoppings.

Maridon bem que tentou avisar, mas também tinha suas tosquices...Queria, que queria um carrinho esportivo, tipos daqueles que tem amortecedor, que dão até para fazer uma trilha com seu filho-bebê. Pensei cá com meus botões, amigo eu canso só de pensar eu fazer esportes porque cargas d´água eu vou querer um carrinho esportivo caro para dedéu?

Maridon insistiu, com seus argumentos de engenheiro, tentou me convencer, mas não adiantou...Compramos o carrinho que eu decidi, um da Galzerano, muito bonitinho, mas ordinário, marrom e rosa. Veio com bebê conforto e tals...Mew, se arrependimento matasse.

Primeiro, que esse carrinho não é feito para bebê dormir. Teria que ser um que viesse com moisés. mas mesmo assim comprei um colchãozinho de carrinho e adaptei...Segundo as rodinhas são de plástico, portanto não são resistentes a terrenos ásperos. Terceiro, não sei se é defeito do meu carrinho, mas ele parece aqueles de supermercado com defeito. Tem vontade própria: você quer ir para um lado, ele vai para outro.

Bom, maridon joga na minha cara todo o santo dia a mer..cadoria que fiz. Porque o carrinho que ele queria, além de ser "esportivo" vinha com bebê conforto e se transformava em moisés #mimata. O barato realmente saiu mais caro.

Bom resolvemos comprar outro, por que esse que temos não dá. Pesquisamos, pesquisamos e maridon encontrou um max, mega, blaster, esportivo...O da marca Jeep. O carrinho tem rodas de bicicleta, entrada para Ipod, Ibaby: dá para colocar música para o bebê (legal, né), amortecedores que aguentam até ritmo de corrida. Me animei, porque daria para caminhar (por correr nem em sonhos) com a Lara nos parques perto de casa. Só fiquei meio cabreira com o tamanho. No carro do maridon que é grande caberia numa boa, mas no meu que é pequeno estava na dúvida.

Maridon, não quis nem saber...Falou que caberia e se não, devolveríamos. Que para mim é a maior dor de cabeça. Procuramos em algumas lojas o carrinho desta marca e não achamos, só em loja online. E em nenhum site demonstrava como ele fechava. Enfim, arriscamos. E uma semana depois chegou...O óbvio aconteceu: nem no carro do maridon entrou e muito menos no meu. Afff...Tem que tirar uma das rodas para entrar. Imagina a cena: Karininha aqui toda atrapalhada de nascença, colocando e tirando roda como se fosse de bicicleta com uma bebê chorando ou esperando no carro. Sem chance.

Com dor no coração devolveremos o carrinho e depois trocaremos por outro da Gracco também bem legal, triciclo.

E vocês tem alguma dica de carrinho de bebê?
 
 

8 comentários:

  1. Entonces, Karina. Eu tenho um Pliko P3, da Peg Pérego. Eu queria um carrinho leve, compacto e com 4 rodas, pq sabia,tinha certeza, de que, estabanada como sou, ia virar o carrinho de 3 rodas (que é mais instável por natureza, né?). Não queria nada esportivo porque não ia praticar esporte com o baby dentro do carrinho e tb sabia que ia usar mais o sling que qualquer outra coisa.
    Estou satisfeita com o dito cujo, mas a coisa chata é que, como ele veio dos EUA, não tenho garantia aqui no BR.
    Boa sorte e depois nos conte que carrinho escolheu.
    =)
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Artemis eiu também sou toda atrapalhada, mas já que perdi o crédito quando escolhi o primeiro carrinho, maridon escolheu esse. ~
      Sou tão atrapalhada que nem o sling eu consigo usar kkk Comprei aqueles cangurus, mas acho que fica muito incomodo para o bebê.

      Excluir
  2. Uma pena esse não ter dado certo, boa sorte com o outro carinho!
    Outro dia desses vi uma mulher correndo (sim, praticando corrida, fazendo exercício) empurrando um carrinho desses com seu bebê e ainda levando o cachorro na coleira pra correr junto. Isso é que é força de vontade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Olha Juliana quem iria praticar esporte com esse carrinho seria meu marido, porque eu minha filha, no máximo, daria uma volta no quarteirõa rs

      Excluir
  3. kkk, que saga, Karina!!!! Bem, antes de ler esse seu post achei que escolher carrinho de bebê erta mais simples...me lembrarei do detalhe das rodas...beijos e tomara que encontre um carrinho legal para a Lara. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suzala é uma saga mesmo, tudo por minha culpa...Se tivesse escolhido o carrinho certo,sem ficar miguelando no preço, não estaria com essa dor de cabeça.

      Excluir
  4. Dica eu não tenho.

    Apesar de tragica o jeito que você contou a história eu dei muias risadas aqui! =)
    Realmente escolher carrinho de bebês e Berços são tarefas muito dificeis e de grande responsabilidade.
    Eu estou comprando um carrinho para o baby da minha irmã que tem 5 meses. Mas ainda estou pesquisando dicas para saber qual carrinho é realmente bom.

    Eu achei um texto com muitas dicas boas neste site aqui http://www.cliquefarma.com.br/blog/carrinho-de-bebe/.

    Veja se te ajuda.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Hahahah dei risada aqui também, Ka!
    Que demais esse da Jeep, mas tem cara de ser bem grandão mesmo!
    Eu costumo comprar bastante coisa pro meu pequeno numa loja online que acho ótima, inclusive comprei o carrinho la! Comprei um da Chicco muito bom! Mas é grandão, to querendo comprar um de passeio agora! Dá uma olhada la, vc vai gostar http://www.tricae.com.br/loja-bebe/carrinhos-bebe-passeio/
    Bjão querida!

    ResponderExcluir

Pode soltar o verbo...Inconforme-se