quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Mamãe Coruja Cap. I Belezinha de Mamys

Cara, minha filha é linda!!!! Corujisse total!!!

Provavelmente este blog vai se transformar em um blog de mamãe, porque atualmente meu mundo gira em torno da minha maternidade. Apesar que este é um blog de uma dona de casa inconformada e mãe.

Minha bebê de dois meses e meio é muito boazinha, querida e risonha. Parece muito com o pai legal você fica com o bebê na barriga 9 meses e nasce com a cara do pai.

No primeiro mês foi meio punk, ela acordava direto de madrugada, dava umas cochiladas bem pequenas e dormia muito de dia. Tinha dó de acordá-la por nada de dia, só a acordava para mamar. No segundo mês começou a melhorar: ela dorme umas 5 a 6 horas por noite, um amorzinho. E o pediatra falou que de noite não precisa acordá-la para mamar, só de dia que não pode passar das 3 ou no máximo 4 horas.

Ela mama de 3 em 3 horas de dia, relóginho mesmo. E é uma boquinha nervosa, em quase todas as mamadas ela toma 150 ml (é ela toma mamadeira, para saber um pouco sobre este drama leia os posts anteriores). Faz cocô bonitinho só o cocô do nossos filhos é bonitinho. Enfim a Lara é uma fofa.

Agora estou começando a me angustiar sobre a volta ao trabalho. Vou ter que deixá-la com 5 meses na escolinha. Maridon tenta não me influenciar, mas torce para que eu fique em casa com a Lara. Dá váriasindiretas, fala que eu posso fazer hidro com ela, passear no play ground, inserir a papinha quando estiver na hora, passear, enfim, sutilmente tenta fazer a minha cabeça.

Mas fico pensando no trabalho. Amo o que faço, amo mesmo...É lógico que tem dias que são um saco, mas posso afirmar que é a minoria, viu...Fora que ADORO as pessoas que trabalham comigo e o ambiente de trabalho. E por fim ganho bem, mas sinceramente não é o valor financeiro e sim o risco que tenho de parar agora e depois não conseguir encontrar algo tão satisfatório.

Ainda não conheci a escola (que fica na mesma calçada do meu trabalho) e quando conhecer acho que terei mais base para a minha descisão.

 Lara com 1 Mes 25 de junho de 2012

 Lara com 2 meses 25 de Julho de 2012

Lara no Dia dos Pais 12 de Agosto de 2012



5 comentários:

  1. Karina, QUE BLOG TUDO DE BOM!!!Adorei seu jeito de escrever, o look do blog. Muito legal.
    Valeu pela visita no meu, que é novinho, tem quase a mesma idade da Lara.
    Adorei o comentário, muito bom, é duro tanta cegueira no mundo né? Mas só quem passa pela dificuldade da amamentação é que pode falar, o resto a gente finge que nem ouVIU. Beijos, Tati
    http://amigosdefraldas.blogspot.com.br/2012/08/o-leite-que-nao-desce.html?showComment=1345079973745

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei seu blog também Tati...Parece que vc escreve há seculos, nem percebi que seu blog é fresquinho :)

      Excluir
  2. Ah, é OBVIO que já estamos te seguindo, né? ADORAMOS aqui... Tati http://amigosdefraldas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Tem razão de vc ser coruja viu! Sua filha é linda mesmo! Parabéns e que ela traga muito mais alegrias para as suas vidas! Olha amiga, eu sou meio suspeita para falar desse negócio de volta ao trabalho, porque vc sabe que eu não consegui e não me arrependo! Passar os dias com a Luisa e estar ao lado dela em todas as descobertas não teve preço para mim. Mas vc tem um agravante, pois vc disse que gosta do trampo e o ambiente é legal, bem como as pessoas. Eu já não tive isso no meu, apesar do pessoal lá ter feito de tudo para eu ficar! Só te digo uma coisa, qualquer que seja o caminho que vc tomar, tenha consciencia de que não é um caminho sem volta. Se vc voltar a trabalhar, deixar a Lara na escolinha e tals e ver que isso não é o que te faz feliz, aí repensa sua decisão junto com seu marido! É legal tbem a escolinha ser perto do seu trampo, pois qualquer emergencia vc corre lá! Espero ter te ajudar um pouco. bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rachel, você esta certa, se caso a dúvida for muito grande, matriculo a Lara na escola e depois vejo se "eu" me adapto a ficar sem ela :)

      Beijos

      Excluir

Pode soltar o verbo...Inconforme-se