quinta-feira, 19 de abril de 2012

Crianças do Condomínio

Mew, as crianças que moram no meu condomínio, digamos assim, são no mínimo peculiares...Explicarei o motivo: quando me mudei para o apartamento (há 5 anos) rolou uma certa retaliação (não sei porque) e tacaram uma dúzia de ovos na porta do meu apartamento. Filhos da mãe. Sei lá porque, se eles não foram com minha cara (como diria o Kiko), ou se eles não tinham o que fazer mesmo. A sorte e azar deles é que câmera em todo o meu condomínio, e os manézinhos foram de elevador...Rá. Pais dos minis delinqüentes devidamente multados!

Dia desses nasceram uns gatinhos lá no condo, e a criançada pira com filhotes, mas do que depressa tiraram os gatinhos da mamys deles e faziam eles de brinquedos. Davam ração e tals (só para os filhotes, para a mãe não), mas os pais não deixavam levar para casa e eles então infernizam as vidas dos bichinhos. Levavam para o playground, levavam para casa um pouco depois devolvem... Por caridade, comecei a dar ração e água para eles e também para a mãe todo o dia à noite. Os pentelhinhos ficavam fazendo seu papel principal, que é o de pentelhar, e ficavam lá enchendo o saco, não deixando os gatos comerem direito.

Faziam perguntas do tipo: "Eles não bebem água. Por que você esta dando?" Logo eu respondia -"Lógico que eles bebem, eles não estão mamando mais na mãe". Ou "Por que você esta dando comida para a mãe? Ela é maior brava e morde a gente" logo eu respondia -´"A mãe morde vocês, porque toda a hora vocês ficam pegando os filhotinhos dela, e também ela esta com fome, vocês só dão comida para os filhotes". Enfim, um bando de chatinhos.

De um dia para o outro sumiram com os gatinhos, e a thurminha me abordou na garagem para contar o acontecido. Todos tinham uma versão: o gato foi usado de carne no supermercado em frente, um gato se suicidou e se jogou no buraco (essa versão é a mais lógica, quem agüentaria aquela vida)...Logo soltei o verbo na maior vibe bruxa do 71, misturada com Dona Clotilde: "Sabe porque os gatos foram embora? O vizinho que mora bem acima do lugar onde estavam os gatinhos não agüentou a zoeira de vocês e reclamou com o zelador. Tudo culpa de vocês".

Imagina as caras das crianças, rs. Impagável. Maridon ficou com a maior dó.

Coitada da Lara.



E tenho dito!


2 comentários:

  1. hahahahaha... é isso aí amiga. Tem que falar direto na lata com essas crianças. Eu faria a mesma coisa. bjo

    ResponderExcluir

Pode soltar o verbo...Inconforme-se