sábado, 29 de agosto de 2009

Amélia Super Sônica

Não tenho muitas novidades, o de sempre, trabalho-casa, casa-trabalho...Enchi o saco de todo o mundo em volta que queria trabalhar, que estava me sentindo inútil, essas coisas...Não vou reclamar do trabalho, de jeito nenhum, adoro pressão, metas, enfim a adrenalina que meu cargo possui...Mas...(sempre tem um mas, né) sinto uma faltaaaaaaaa de ter um tempinho a mais.
Chego em casa tão mortona que não consigo fazer porcaria nenhuma. Maridon até que é compreensivo, mas não perde a oportunidade de "comentar" que sente saudades daquele tempo que eu fazia janta e a casa sempre estava um brinco...Faltou cantar: "Amélia que era a mulher de verdade..." . Como o machismo, mesmo que embutido em palavras compreensivas, ainda impera, né...Temos que ser mulheres independentes, trabalhadeiras (como diria minha vó), inteligentes, cheirosas, bonitas eeeeee PRENDADAS.

PQP!!!! Não dá!!!!! Por favor, alguém me ensina a fórmula mágica!!!!! Pior é que os finais de semana, que seria na teoria, meus dias de descanso, são meus dias de mais trabalho: lavar, passar, limpar a casa, lavar o banheiro...Pow!!! Hoje eu queria tirar o dia para tingir o cabelo, fazer as mãos, ir a praia, ler um livro, ir na aula de dança do ventre, dar uma caminhada no Pq do Ibirapuera, sei lá...

Poderia, sim, contratar uma pessoa para limpar a casa mesmo que seja um dia na semana, já procurei, mas por incrível que pareça, todas que "entrevistei" não gostam de gatos,. Dizem sempre: "Não gosto, mas tb não gosto de quem judia deles..." Hum, hum...Melhor não arriscar a pele da minha feiurinha... Ela é vira lata, feia pra dé déu, destrói sofás e afins, mas é meu bichinho queridinho de estimação, e só de pensar em alguém dando uma vassourada nela, ou até levantando a voz para esse serzinho já me dá caláfrios....Afinal, só quem pode e sabe dar uns gritinhos básicos com ela, sem traumatizá-la sou eu...Já pensei, seriamente em comprar aquelas canetas camêras, sabe? Coloco escondidinha para gravar as atitudes da tiazinha, com a minha Cindoquinha, mas pensei: "Menos Karina, bemmmmmm menos..." Bom a busca continua...

Tô aqui em casa, ouvindo ao fundo o som de algum boteco na rua de trás do meu apto:"... Pq eu sou linda, poderosa, eu sou Sthephanieeeeeee..." Caraca, me dá logo um tiro, vai...

EXTRA EXTRA!!!

Dona de casa chega do trabalho e faz um jantar mega super master para a família, sem perder a elegância e o sorriso do rosto!!!

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Inconformismos na Seleção

Trabalho a um bom tempo com recrutamento e seleção e tem algumas coisas que ainda conseguem me tirar do sério em um processo seletivo. O que que acontece com a maioria das pessoas quando vão fazer uma entrevista de trabalho:

1- Chegam atrasadas para criar um mistério?

2- São arrongantes por puro charme?

3- Vestem jeans e blusinha (blusa de moleton e afins), pq as roupinhas mais "sociais" ficam para ir à missa (ninguém ainda me respondeu se falar "social" é brega =D ) ?

4- Ficam batendo o pé pq tem atividades mais interessantes a fazer do que esperar a selecionadora entrevistar o candidato que chegou primeiro?

5- Quer dar um de candidato pimpão fazendo perguntas superrrr pertinentes durante a explicação da vaga?

6- Por bem, avisam com antecedência que não gostam de pressão?

7- Informar que o antigo chefe era uma mala, assim, a selecionadora o encaminhará para um chefinho bem bonzinho?

8- E daí que esta concorrendo para a vaga do comércio, e pretende um dia fazer faculdade de enfermagem?

9- E pq não, levar o filhinho de 2 meses para a seleção, assim ele já vai se habituando com o mercado de trabalho?

10- Sabia que cabelo despenteado e com bolinhas do cobertor são a última tendência nas dinâmicas?

11- Utilizar de gírias para demonstrar toa a espontaniedade da pessoa?


Parece brincadeira, mas não é. Realmente tudo o que escrevi acontece, não sempre e não com todos os candidatos, mas acontece....Eu sei que muitos não tem condições de comprar roupas, mas eu sou bem realista, e sei que existem calças sociais e camisas (femininas e masculinas) bem baratinhas, que garanto são mais baratas que um blusão de moleton de surf...


Eu não quero acreditar, que as pessoas que tem esses comportamentos são tão alienadas ao ponto de não terem noção de como se comportar e se vestir para disputar uma vaga....Sinceramente, só peço o minímo de educação. Se eles não tem o que fazer, eu tenho, e outros com certeza precisam e mereceriam mais a oportunidade disperdiçada.


É...estou inconformada mesmo....

domingo, 16 de agosto de 2009

Ugly Betty do RH

Pelo jeito só conseguirei postar aos domingos...Pq? na semana chego tão exausta que nem tenho tempo de pensar =D Mas vamos aos acontecimentos do novo job...

Bem, trabalho em RH, portanto, a maioria das pessoas da equipe é composta por mulheres e 1 homem...Estou pensando seriamente se conto detalhes dos acontecimentos do meu serviço, e ainda não cheguei a uma conclusão...Por enquanto só vou falar da Karininha mesmo e suas peripécias hehehehehehe


O local do trabalho fica em um bairro agradável (Moema-SP), e o escritório da empresa é bem bonitinho. Fui recebida razoavelmente bem pelas pessoas, pq lógico eu sou produto de uma substituição, estou no lugar de uma pessoa que trabalhou um tempo lá e foi dispensada, meio bad, ma a vida é assim...


Só não sei o que me deu para escolher o figurino que vesti no primeiro dia...Sei lá, acho que estava nervosa, ansiosa, não sei, acho que não tem explicação...Fui com uma camisa até que bonitinha, mas parecia que estava grávida e imagina na apresentação para empresa, todos olhando e imaginando:"Contrataram a mulher grávida, como assim? A calça estava larga e fui com sapatilhas. Resumindo: visual gestante de ser =D Meu cabelo não estava lá essas coisas e acho que exagerei no make.


Me senti a Betty (do Ugly Betty) no seu primeiro dia na revista Mode =D O pessoal lá se veste com estilo, e meu cargo exige que use roupas formais (falar social é brega? - estou complexada)


No sábado, para compensar a falta de estilo, fui na rede "Galinha Morta", e SURTEI!!!!! Vi a propagando de manhãzinha e arrastei meu maridon comigo....Tinha umas promoções mega super pop stars, que só depois vc percebe que não era tão bom negócio assim. Peguei uma sacola e parecia uma psicopata pegando todos os sapatos do meu tamanho e de meu interesse...Meu maridon, morrendo de fome e querendo me matar, ficava igual a uma sombra atrás de mim, parecia um segurança, e a mulherada alucinada quase socando ele, deviam estar pensando: Se não vai ajudar não atrapalha...


Acabei comprando, lógico, no impulso e consequentemente mais do que precisava: 6 pares de sapato. É pessoal pirei na batatinha, né?? Podem falar...Mas as promoções dessa loja me deixam zonza...Eu sei nada justifica...Quase não dormi à noite de remorso, agora já era...Não vou comprar sapatos durante 2 anos (hehehehe estou engando a quem).


Já completei duas semanas no trabalho, já me adaptei a muitas coisas, e estou gostanto do ambiente. Ocorreram alguns contratempos, a maioria consegui superar outros estou tentando. Mas não adianta sou uma pessoa inconformada mesmo, e vira e mexe foi dar uma reclamadinha de leves =D


hehehe não estava tão extremo, mas fiquei me sentindo assim

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Viagem da 3ª Idade

Oláaaaaaaaaaaaa queridas!!! Desculpem o sumiço, sabe como é que é, emprego novo, até me adaptar demora um pouquinho...Depois faço um post só sobre meu novo job...
Sobre a viagem: Fui para Àguas de Lindóia =D é este lugar mesmo que vcs estão pensando, de onde vem as famosas àguas super sônicas...Nem sei pq fomos para lá, queríamos ir em lugar diferente e não tínhamos nenhuma idéia e criatividade para decidir. Acho que foi um amigo do maridon que indicou, e lógico este amigo deveria ter uns 90 anos no mínimo, já vou explicar o pq...


Chegamos na cidadezinha, e eu ainda estava naquele estado pilhado (só sosseguei depois que passei o e-mail, lembram-se), o Hotel até que era bonitinho, nada assim que dê para falar "supimpa que hotel", mas passava...Almoçamos, e fomos conhecer a cidade, demorou exatos 5 minutos kkkk pior que é verdade...Já foi me dando um negócio, pq o hotel mais ou menos, não era muito baratinho, precisa encontrar algo que valia a pena...

Então, maridon teve um insight, a cidade era pertinho de Monte Sião, não esta ligando o nome a pessoa? É a cidade das malhas hehehehehe Fiquei mais contentinha, mas não durou muito, dando minhas pernadas percebi que os preços de lá são iguais aos shoppings de SP, mas com certeza tem mais variedades...Agora, pasmém, não comprei nada...Estava muito calor, e sei lá, não conseguia comprar algo de lã ....

Voltamos, e quase todas as lojas estavam fechando no centro de Àguas...Cruzes!!

No dia seguinte saímos dispostos a encontrar algo para fazer, bebemos 300 litros da tal àgua radiotiva (mais que faz bem, eu acho), tiramos fotos de tudo que viámos pela frente, fomos no tal de Morro Pelado, no Mini Cristo Redentor, em várias igrejinhas histórias e tam tam tam tam na Fazenda Monte Alegre.

Gentemmmmmmmmmmm, eu não sou uma mulher muito rural, sabe, mas quem tá na chuva é para se molhar (ou se sujar). Desafio: dar milho para avestruz - o guia sem noção que nos acompanhava, perguntou do que trabalhávamos, de onde viemos, essas coisas...Na hora que era para eu dar o bendito milho para aqueles avestruzes com cara de loucos, fiquei meio assim e pedi para o guia dar 1º para ver como rolava, e ele disse: UAI,a moça não é psicóloga, tem que enfrentar seus medos. Uótiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!! Mew tive que contar até 4 mil para não tacar os milhos na cara dele...Bom, no fim quase saí de lá igual o Lula, a avestruz mais estressada veio comer na minha mão, aí já viu...

Maridon andou de cavalo, tirou leite da vaca e nessa hora sim, eu quase dei uma baldada de leite na cabeça do guia mais antipático que já vi, depois que ele soltou mais uma pérola: Sabia que essa vaca da café? Respondi: Aha tá...Não é pq eu sou paulista que vc vai me enganar e ele insistiu: sai café mesmo... Sério....Socorrooooooooooooooo...Até a hora de irmos embora ele continuou falando isso...Depois de gastarmos muitos dinheirinhos com queijo, doce essas coisas, voltamos para o hotel.

A Noite de sexta foi uma balada irada: Jantar Dançante com Músicas e Comidas Típicas Italianas kkkkkkkkkkk Podem rir...Baladinha da melhor idade...Comi muitoooooooooooooooo, bebi muitoooooooooooo vinho e até eu e maridon dançamos no salão, e fomos humilhados pelos casais mais experientes do recinto, que dançavam como profissionais...Ganhavam fácil a Dança dos Famosos =D

É isso, minha viagem não foi para nenhum lugar exótico, chique e nem ficamos em um hotel 5 estrelas...Mas me diverti demais com a melhor companhia do mundo, que transforma qualquer passeio mais ou menos, em um evento extraordinário.

Olha a talzinha se preparando para o ataque...

domingo, 2 de agosto de 2009

Não tenho Intuição Feminina

Gentemmmmm voltei da viagem, depois conto com detalhes, pq tenho algo para contar no mínimo "Lei de Murphy"... Estava eu e o maridon indo para a tal viagem na quinta-feira de manhã, quando meu celular toca e é nada mais nada menos que a mulher da consultoria...sabe, daquela vaga que eu pensei que era a candidata mediana? Então era a própria... Segue o diálogo atrapalhado:


- Karina, o que vc achou da vaga, da empresa "tal"? - diz a consultora


- Achei ótima, estou muito interessada. - euzinha


- Então vc foi aprovada, tinha candidatas ótimas, mas eu apostei em vc. Vc é mais dinâmica, não fica esperando os candidatos sentada. - diz a consultora


- Ahaa que bom - euzinha, me achando

Neste momento maridon faz sinais que eu não entendo e a ligação cai, estávamos entrando no túnel...Mew, eu não ia falar que estava viajando, a mulher ia pensar: Pow o ser esta desempregado e vai viajar??? Como assim? Graças a Deus, ela ligou de novo:

- Oi desculpe, caiu a ligação... - eu digo meio atordoada.


- Tudo bem..Bom, o salário é tal (abaixou um pouco da minha pretensão, mas td bem) os benefícios tais, tudo bem para vc?


- Tudo bem (pretensão salarial funciona como o mercado imobiliário, vc joga o preço o imóvel lá em cima e o comprador negocia)


- E vc inicia na segunda-feira às 10:00, passo a documentação por e-mail. Boa sorte, estou torçendo por vc, thau


- Obrigado pela oportunidade, thau.

Bom, nem preciso dizer em que estado fiquei...O coitado do maridon ainda perguntou se eu não queria voltar, mas fiquei com muita dó, pow ele conseguiu tirar essas nano férias e eu iria estragar, nem pensar família em primeiro lugar...e tb eu começaria só na segunda...Combinamos de voltar no sábado...hehehehe

A viagem inteira parecia que eu estava na nóia, não parava de falar, de me movimentar no carro =) Chegamos e a primeira coisa que fiz depois do almoço foi ir na lan house para confirmar o envio da documentação. Tinha tudo, então sosseguei.

Uma frase que a consultora falou me deixou um pouco inconformada (para variar): " tinha candidatas ótimas, mas apostei em vc..." Aha tá...Isso quer dizer o quê? Que as outras pediram os salários maiores e eu aceitaria talvez o salário proposto? Que a mulher foi com a minha cara pq parecia que eu era hiperativa e fecharia as vagas com a velocidade da luz? Pq eu falo mais que o homem da cobra e deixarei os candidatos tão atordoados que aceitarão qualquer negócio?

Seja o que for estou muitoooo feliz, consegui a vaga que eu queria... Paguei a língua de novo...Pelo jeito minha intuição feminina ou poderes extra especiais de psicóloga pseudo adivinhadora não funcionam mais...

No mínimo eu era a candidata boa, ou vendo pelo lado urubulino: a candidata ótima e a boa não aceitaram e sobrou a moça em questão =S Espero que não. Deixando o meu lado Funéria de lado, vou dar o meu melhor e seja o que Deus quiser!!