domingo, 26 de julho de 2009

Candidata Mediana

Como já expliquei, eu sou Psicóloga e trabalho em empresas, mas especificamente com Recrutamento e Seleção. Sim, sou daquelas bruxas que fazem perguntas difícies, aplicam testes sem sentido e te fazem passar por dinâmicas de grupo constrangedoras. Não pensem que eu gosto, infelizmente é necessário e esperado, às vezes nem acho que precisa de tudo isso, mas o doninho da vaga quer um semi deus, por mais que o salário não seja essas coisas.


Bom, estou a procura de um trabalho fixo, bem padrãozinho, parece loucura mas eu gosto de pressão, sabe...Os gerentes te culpando pelo funcionário que abaixou a calça em plena loja, o outro que vive arranjando treta com todos do depto, a outra que já pediu demissão justificando que a moça da seleção não explicou direito sobre a vaga (quê?), uma outra que rodou a banca (se é que vcs me entendem), viagens em que ia para lugares maravilhosos e só via o hotel e local de seleção, ficar sem almoçar (pelo menos emagrecia), abordar pessoas no shopping parecendo uma psicopata para ver se elas não queriam trabalhar (se eles quisessem trabalhar não estariam batendo perna no shop), no desespero oferecer trabalho a quem já o tem (e quase apanhar do gerente da loja, procedimento que minha ex ex chefe denominava como "hunting"=S), e mais um milhão de coisas...


Estou participando de alguns processos seletivos, e vou te dizer os salários não estão essas coisas e as empresas estão mais exigentes, justificando que é por causa da crise, hum hum...Fui na 2ª etapa de um processo para uma vaga que eu estava muitooo afim...Bom a entrevista era com a diretora da empresa e com a selecionadora que me entrevistou na 1ª etapa..


Tinha duas candidatas que entraram antes de mim, e este é um procedimento padrão, sempre é apresentado 3 candidatos: um ótimo, um bom e o outro mediano.


A sala de espera era bem perto da sala de entrevista, e sem querer e praticamente à força, escutei atrás da porta =). Coisa feia Karina, mas antes não tivesse escutado...As candidatas que foram antes de mim, no final, recebiam uma explicação detalhada sobre a empresa e sobre o cargo em questão, até aí tudo bem..Quando foi a minha vez, depois de falar igual ao homem da cobra, a diretora me dispensou rapidinho, dizendo que daria a reposta na sexta...


Concluindo: eu era a candidata mediana.


É, isso aí, casa de ferreiro espeto de pau. Não é pq eu sei quase todos os maçetes de seleção que sou aprovada nas entrevistas.


PS: é lógico que não me ligaram na sexta =D

6 comentários:

  1. hahahaahahaha genteeeeeeee este teu trabalho deve ser interessantíssimoooooo!!!
    adorei!
    poxa...boa sorte!
    tb tõ procurando emprego...fui levar meu curriculo num curso de idiomas...o chef lá me entrevistando perguntou: E o que você acha de crianças? E eu..."ah! elas são ótimas...é o começo de tudo né?" mas na verdade eu queria dizer que elas são TERRIVEISSSSSSSSSSSSSSS :)

    ResponderExcluir
  2. Oi.

    "- Logo deve surgir o emprego que você deseja, ou o que lhe caia de melhor forma. Eu gosto de psicologia - nunca pensou em abrir escritório ou algo nessa veia?" Ótima semana. Abraço.

    R.Vinicius

    ResponderExcluir
  3. Língua Nervosa: kkkkk às vezes temos que mascarar algumas informações hauahahahaaau é isso aí...te perguntas que dá vontade de responder igual ao Saraiva, mesmo...Bjooo

    ResponderExcluir
  4. R. Vinicius: Obrigado pela força, tomara mesmo..Já sim pensei abrir um escritório, mas a concorrência é muito grande...Abraço

    ResponderExcluir
  5. E como diz o ditado...."Santo de casa não faz milagres." hehehehe
    Entendo bem o seu caso...
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Ai Ká, que M****...nessas horas de repente é melhor nem ter tanto conhecimento assim na área...ser bobo feliz por um tempinho...mas ó, nem se preocupa que com o seu talento (isso é nítido aqui no blog) já já vc acha o que queria e o que merece :)
    bjo

    ResponderExcluir

Pode soltar o verbo...Inconforme-se